top of page

Como revalidar o diploma de graduação na Argentina? (UNLP)

Atualizado: 5 de dez. de 2023

Iassana Scariot



Muita gente não sabe, mas o título de graduação de um país não vale automaticamente em outro. É preciso muitas vezes fazer um trâmite no país em que se pretende trabalhar para que esse título tenha valor legal. No caso do Brasil, ainda não há acordo de revalidação automática de título de graduação com nenhum país. A revalidação é solicitada, somente, através de universidades nacionais argentinas. Então, deixamos aqui o passo a passo de como fazer esse trâmite na Universidad Nacional de La Plata, a partir da Diretoria de Títulos e Certificações (DTC) desta Universidade:


Então, para realizar a REVALIDAÇÃO do seu diploma na Universidad Nacional de La Plata:


1) Você precisa CONVALIDAR o histórico de ENSINO MÉDIO no MINISTERIO DE EDUCACIÓN na Argentina. Você vai precisar de:


- Documento de identificação (RG, Passaporte ou DNI)


- Histórico Escolar da 1º a 3º Ano do Ensino Medio (Nivel Medio).


- Certificado de Conclusão do Ensino Médio (geralmente vem atrás do histórico).


Depois precisa LEGALIZAR o documento escolar. Para isso vai necessitar de alguns carimbos (no original e nas cópias):


- Reconhecer a firma de quem assinou o histórico e autenticar as cópias.


- Carimbo da Secretaria de Educação Regional do Brasil (na sua cidade mesmo).


- Apostila de Haia feita em cartório no Brasil.


Tendo toda a documentação pronta, você poderá agendar um turno para convalidar seu ensino médio pelo site: https://www.argentina.gob.ar/educacion/tramites/convalidar-titulo-secundario-de-paises-con-convenio 


O procedimento é realizado no endereço: Montevidéu 950 Ciudad Autónoma de Buenos Aires (Original e cópia em CD).



2) Você precisa ter o DNI para iniciar o trâmite de REVALIDAÇÃO da GRADUAÇÃO na UNLP. Como existe um acordo bilateral entre Brasil e Argentina, você pode solicitar a RESIDÊNCIA PERMANENTE em MIGRACIONES aqui na Argentina. Os documentos necessários e como agendar um turno você encontra nesse site: https://www.argentina.gob.ar/servicio/radicaciones-mercosur-residencia-permanente 



3) Finalmente iniciar a REVALIDAÇÃO do DIPLOMA! Antes de iniciar o processo pela UNLP, é necessário verificar se ela tem o curso que se deseja revalidar. Eles solicitam os seguintes documentos:


- DNI


- TÍTULO DO ENSINO MÉDIO CONVALIDADO.


- DOCUMENTOS DA UNIVERSIDADE:


* Diploma


* Histórico (contendo a carga horária total do curso, a quantidade de anos mínima do curso, as notas e os critérios usados para a aprovação (ou seja, com quanto se aprova e a porcentagem de falta permitida). Se no seu histórico faltar alguma dessas informações, você precisará pedir à faculdade um certificado contendo a informação faltante.


* Conteúdo Programático ou Ementa (com as informações de todas as matérias cursadas). Será preciso colocar todos juntos e encadernar. A primeira folha deve conter suas informações e logo abaixo um índice contendo as matérias e as páginas.


- TAXA EM PESOS (Na data atual 04/12/2023 está $71mil pesos)


TODOS os documentos BRASILEIROS devem estar com a Apostila de HAIA. Sem isso ele não tem validade na Argentina.


TODOS os documentos que estiverem em PORTUGUÊS deverão ser traduzidos por tradutor público. É possível encontrar um tradutor pelo site do Colégio de Tradutores de Buenos Aires: https://www.traductores.org.ar/traductores/  Ou pelo site  do Colégio de Tradutores de La Plata:  https://traductoreslaplata.org/ 


Obs: Quando nos informamos pessoalmente sobre o processo, na direção mencionada, perguntamos se a tradução dos documentos mais extensos poderiam ser realizados pela própria solicitante, nos informaram que sim. Então, traduzimos por tradução pública um único documento, somente o diploma. 


Quando estiverem com todos esses documentos, deverão levá-los até a Oficina de Títulos y Certificaciones (DTC) - Original e cópia em CD: 


Dirección de Títulos y Certificaciones (DTC) 


Endereço: Av. 7 Nº 776 e/47 y 48. La Plata


Horário: de segunda a sexta de 8h30 a 13:00h.


Contato:  +54 221 6447075 int. 5560




A duração estimada do processo é de 18 meses.


Para o julgamento da equivalência, para efeito de revalidação de diploma, a universidade constitui uma Comissão Especial, composta por professores da própria instituição. Uma vez que a documentação foi entregue, a Universidade inicia o processo de revalidação do diploma, adquirimos uma lista com os campos do conhecimento do curso dividido nas disciplinas correspondentes e o contato de email dos professores que avaliarão o histórico acadêmico correspondente à sua disciplina. Nesse intercâmbio de e-mails com cada professor, este solicitará diferentes formas de avaliação, estas podem ser uma conversa presencialmente na universidade, como uma entrevista, diretrizes para a realização de um trabalho com o conteúdo da disciplina, a realização de um estágio ou análise de seu currículo. Em nosso caso, não foi necessário cursar as matérias de forma regular. O tempo total do trâmite vai depender do contato estabelecido com cada professor via e-mail e as exigências de cada um sobre seu histórico escolar, assim como, o tempo de cada solicitante em realizar as atividades propostas e orientadas por cada professor. A universidade estima que este tempo leve 18 meses. Após a realização desse percurso, seguimos com a parte burocrática de reuniões entre as comissões correspondentes e assinaturas, o processo de entregar seu diploma revalidado pode levar no mínimo 4 meses. Em nosso caso, devido a pandemia covid-19 teve um atraso significativo no processo. O trâmite NÃO é rápido, mas se sua ideia é se estabelecer profissionalmente no país vai ser necessário dar esse passo. 



Muita sorte!


Referências:







12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page